segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Conta-me como foi


A música não me sai da cabeça. O anúncio está muito bem feito. Tal como a série, mas isso já sabíamos.
(Só a minha Mãe é que não vê. Diz que sabe como foi - itálico dela. E sim, a minha mãe dava um blog)

11 comentários:

Noiva Judia disse...

Também gosto muito da série. Mas por momentos, pensei que fôssemos ter uma reprise de José Cid... ;)

David disse...

Ora, eu também gosto de ver!

Maria do Consultório disse...

Davam todas...

Sandra disse...

Partilho da mesma opinião, adoro a série, acho que não conheço ninguém que não goste!
Quando a vejo ainda me dá mais vontade de dizer que gostava muito de ter vivido naqueles tempos...

Sandra C.

Adão disse...

Olha diz à tua mãe que está a perder um produto fantástico! Eu coloquei os meus pais a ver e é giro ir comentando de vez em quando com eles, sobre a série, se era assim ou assado, etc etc. É uma das melhores séries portuguesas que tenho visto (e eu raramente gosto de Tv feita por portuguese - gargalhada).

Luís P. disse...

Um dia destes acordei e levantei-me da cama a cantarolar isto... Sim, eu sei, Freud explicaria muito bem... ou nem ele!:D

Pedro disse...

Noiva: medo! De vez em quando está bem, mas quando começarem as reprises, internem-me!

David, Sandra, Adão: é boa, não é?

Maria: davam, não davam?

Luís: logo pela manhã acho que é grave...

ana disse...

também ainda não vi, mas entendo a tua mãe, até porque devemos ser da mesma idade (eu e a tua mãe, claro...)

Helena de Tróia disse...

que tinhas bom gosto já sabiamos:-)

Pedro disse...

Ana: a Mãe é um pouco mais ;)

Helena: tem dias...

Vekiki disse...

Gosto imenso de ver e os meus filhos deliram. Principalmente com o valor da moeda. Quando fazem as conversões de escudos para €s pertem-se a rir!!!!
É incrível, realmente, como as coisas mudaram!
Gostei de vir até "Paris"