segunda-feira, 30 de março de 2009

Lura



Habitualmente, não gosto de domingos. É aquele dia em não apetece estar em casa, mas em que todos os sítios transbordam dde gente, geralmente com criancinhas aos berros. E depois dos excessos de sábado à noite, é tudo, menos isso, que nos apetece.
No entanto, este acabou por ser um domingo diferente, pois houve tempo para tudo e algo mais. Com um par de horas de sono em cima e para além da exposição da Casa-Museu Anastácio Gonçalves, ainda tive tempo para assistir à apresentação do novo álbum da Lura, no auditório Fnac, Colombo. Graças à L., que se lembrou que eu havia gostar de ir, interrompendo (e muito bem!), a minha leitura / banho de sol, no anfiteatro da Gulbenkian (que bem que se estava - para a próxima levo uma manta e vou para a relva!). Este novo álbum chama-se Eclipse e promete!


Fiquemos com um clássico: Flor de Nha Esperança que, curiosamente (ou não!), foi por si cantado no filme Fados, de Carlos Saura.





4 comentários:

F. disse...

Tão linda... :)

Adão disse...

Vou ouvir.

Adão disse...

Olha gostei. :p

Pedro disse...

F.: ambas! Tanto a Lura como a música ;)

Adão: claro que gostas! Como não gostar?