terça-feira, 4 de agosto de 2009

Das fotografias

Não sabia que era moda posar para as fotografias a chorar. Ou então que devíamos só devemos mostrar aquelas fotos onde estamos com cara de que todos-nos-devem-mas-ninguém-nos-paga.
Passo a explicar: duas pessoas diferentes, conhecidos de há anos (e de quem perdi o contacto), adicionaram-me recentemente no Facebook, onde tenho uma foto minha escarrapachada, de tacha arreganhada. O caso não é para menos, sou por natureza sorridente, excepto quando estou mal humorado (e aí saiam da frente, que vai sobrar para vós de certezinha!). E tenho ideia que quando somos fotografados que há sempre uma alminha que nos grita Cheeeeeeeeeeeeese!, para o caso de nos esquecermos de sorrir. Mas isto pode ser de mim, que oiço muita coisa, que preferia não ouvir de todo sequer metade do que oiço.
E isto tudo porque o teor dos comentários deixou adivinhar alguma desconfiança acerca da veracidade do sorriso. Será que lhes custa fazer o mesmo? Ainda bem que pelo Facebook não conseguem ouvir a sonoridade das minhas gargalhadas, senão, o que seria?

8 comentários:

JS disse...

óooo também queria ver...

Um abraço*

Adão disse...

Não somos todos iguais. Nem ficamos todos bem a rir ou sorridentes... certo? :PP

"Vale a pena pensar nisto" - Momento Oceano Pacífico (LOL)

David disse...

É uma homenagem ao quadro do menino da lágrima!

AH AH AH AH

Carrie disse...

Pedro,

Nada tem a ver como teu post, mas achei que gostaria de ver...eu achei sublime...espero que gostes:

http://www.chaneln5.com/en-us#/the-
film

Pedro disse...

JS: isso não deve ser difícil...

Adão: eu fico sempre bem! :P

David: se ainda me oferecessem coca-cola light...

Carrie: oba! :)

Adão disse...

Pedro... presunção e água benta... lol

altar disse...

Também quero ser teu amigo no livro das caras!

Pedro disse...

Adão: lá estás tu! Mau feitio!

Altar: isso deve fácil! Só acho mal não queres ser meu amigo no livro das luxs! Ou das Holas! :D