sábado, 31 de outubro de 2009

Eu sei,

eu sei. A tradição portuguesa fala antes no Pão por Deus. Acontece que só aos 28 anos é que me dei conta da existência dessa tradição, em pleno casamento da C. e do N., quando me ofereceram o bolinho. Ora o bolinho é uma das ofertas do Pão por Deus e também usualmente oferecido nos casamentos (pelo menos naquela região) e foi aí a primeira vez que ouvi falar de tal tradição. Será que tive uma infância infeliz por não saber o que é o Pão por Deus?
Já do Halloween, que não é americano (esses arroguem-se só ao Dia de Acção de Graças e já vão com sorte – quanto à piroseira do Dia de S. Valentim, passamos a outro e não ao mesmo), desde as aulas de inglês na escola preparatória, com a minha querida professora de inglês (estou mesmo a falar a sério, um dia ainda hei-de falar dela!).
Além disso, quer-me parecer que o importante é festejar e estar com os amigos, seja lá o que for. Por isso, este ano, vai haver festa (e da rija) cá em casa.
Tudo maleficamente preparado, assustadoramente apetitoso. Há morcegos no ar, ratos no chão, aranhas na mesa. Para comer, queques de vómito, mãos de humanos, cabelos de bruxa, bolachas de unhas de rato encravada, dedos enrolados, olhos de fantasma, ninhos de viúva negra e outro sem número de iguarias.


E agora, deixem-me só ir acabar de pilotar o caldeirão, que ainda tenho umas abóboras para preparar!


(Alguém me sabe mesmo dizer quando é o Dia de Acção de Graças? Só para saber se vou a tempo de preparar alguma coisa...)

8 comentários:

Laidita disse...

O Thanksgiving é móvel. Parece que este ano calha a 26/11. Ainda vais a tempo!

Teresa disse...

Exactamente: 26 de Novembro (acho que é sempre à quinta-feira).

Calha bem, nesse dia tenho jantar com os amigos do Liceu, não podia estar mais de acordo com a sua filosofia. :)

GmbH disse...

Adoro queques de vómito. I'd kill for one of those, my favourite...

continuando assim... disse...

não sei quando é esse dia ... mas para mim não passam todos de dias inventados pela monstruosa sociedade de consumo


quando era pequena não me lembro nada deste dia das bruxas ...nem dos namorados ...nem nada!

bj

Pedro disse...

Laidita: é mesmo! A quarta quinta-feira de Novembro! Obrigado!

Teresa: e há algo melhor do que estar com quem gostamos?

GmbH: não te sabia com um gosto tão kinky :p

continuando assim: é o consumismo é um bicho papão. Mas eu acho-o fofinho.

LittleGirlBlue disse...

é só para te informar que há uma mosca lá em casa que te pertence. parece que foi agarrada aqueles folhados com nome estranho mas cheios de gila por dentro que provocaram a tal discussão matrimonial lá por casa...

Pedro disse...

O que uma mosca faz!

Adão disse...

SIm, foste uma criança infeliz. O Pão por Deus, era muito fixe. Andávamos de casa em casa a pedir coisas. E apareciam chocolates, doces, comida, fruta, dinheiro (!!!) e tanta e tanta coisa, que fazia que este dia do ano, fosse o momento mais alto do período Outono/ Inverno!