terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Ouvido na Rua XII

(Ao telefone) - Não podes desperdiçar mais a tua vida, Maria.

E afinal o que é isso de desperdiçar a vida?

8 comentários:

Formiguita Bipolar disse...

Maria passava os serões a apanhar ganzas e os dias inteiros a dormir. A amiga, preocupada, decidiu alertá-la via telelé para a necessidade de mudar de rumo. Respondi à tua pergunta?

Adão disse...

É ficar parado, sem decidir nada e esperar que as situações se resolvam por si. É ser cómodo. É ter medo de arriscar. É fugir de si próprio. É esconder o que queremos. É fingir que não nos preocupamos. É dizer que amamos a pessoa errada. É ter medo de amar a pessoa certa. É não saber o que ser quer. Onde se está. Ou se está. É tanta e tanta coisa, que também poderá ser as "ganzas" da Formiguita ou a falta de uma bela queca, que faça a Maria sorrir. Fui explícito?

Maria do Consultório disse...

Tens tempo para me ouvir?
;)

mf disse...

É dá-la a quem não merece.
:)

ameixa seca disse...

É estar ao telefone a dizer a outra pessoa que não se pode desperdiçar a vida :)
Não ligues, já está na hora de eu ir dormir he he

zeh disse...

Concordo com a formiguita. até porque eu conheço a maria e toda a gente sabe que ela é uma desleixada.

Pedro disse...

No limite, todas as vidas são desperdiçadas. Ou então, nenhuma é. Fiz-me compreender? Não será tudo legítimo?

Adão disse...

Sim, é Sr. Pedro.