segunda-feira, 29 de março de 2010

Deitar cedo e cedo erguer

não dá saúde nem faz crescer. É uma grandessissima treta. Fui para a cama às onze e meia da noite, cedíssimo para o que é costume. A noite anterior foi puxada, teatro, homeagens, fado, fado e mais fado, cheguei a casa passavam das seis da manhã. Pois que acordei às 3:30 da manhã, passado uma hora resolvi levantar-me. É sempre bom encontrar pessoas acordadas no facebook, a padecerem do mesmo. Voltar para a cama às seis e meia, estar mais uma hora sem dormir, gritar f*d@-se baixinho para não acordar quem está ao nosso lado, ao ouvirmos a chuva que caía a cântaros lá fora encharcar a roupa que estendemos ontem e não apanhámos quando chegamos a casa. Ainda pensei levantar-me e não dormir mais, mas acho que a essa altura o sono era tanto, que devo ter adormecido antes de me levantar.

3 comentários:

Carrie disse...

é tramado Pedro...especialmente essa parte de da roupinha lá fora a ficar ensopadinha e nós sem sono e sem vontade de ir lá salva-la...

been there, done that...

E quando finalmente adormecemos toca a procaria do despertador..

Tulipa disse...

A insónia é lixada! ;)

Anónimo disse...

Por que nao:)