terça-feira, 17 de abril de 2012

Não é coisa que me preocupe, mas...

Seja em Espanha, seja na Escócia, não sei o que faço ou digo - ou como faço ou como digo -, que acham sempre que sou francês (ainda que tome pelo menos um banho diário).


6 comentários:

São João disse...

Então só pode ser da boina e da baguette debaixo do braço.

GmbH disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mr Goldfish disse...

Ce n'est pas le manque d'une douche, mon cher, c'est certainement l'esprit raffiné...

Pedro disse...

LOL! Muito bom!

Pedro disse...

Talvez, talvez (mas para isso seria preciso que o espírito se manifestasse...)

patriciaruivo disse...

ahaha.

eu cá suspeito que sofro do síndrome de estrangeira. passo a explicar: vivi em salamanca há coisa de uns meses atrás e era constantemente identificada como italiana e se não vinham com essa vinham com a de ser uma 'espanhola de gema' ninguém acreditava que era portuguesa nem quando usava o meu melhor português para o provar. era mais onde aprendeste a falar português? e não havia forma de convencer. mas o mais estranho foi quando cheguei de visita a coimbra, cidade onde estudo há três anos e que de resto sempre foi a zona onde cresci, passa por mim um grupo de universitários e dizem 'esta nota-se logo que é do porto' (?)