quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Natal


Fadas é nas histórias
e reis é nos presépios
-  Pariste sem mistério como os bichos.


Mas a menina veio
graciosa e delicada.
Sua única fada,
a graça do teu seio.


Ganhaste-a com arranques,
e gritos, e suor,
com amor, com ternura,
e Amor e Amor e Amor.


Sebastião da Gama, in Campo Aberto
(post já editado)


(e porque a propósito: 


a partir do tema de Lago dos Cisnes, de Tchaikovsky)

3 comentários:

José Sousa disse...

E, porque a propósito, deixe-me só manifestar o quanto gostei do que fez neste post. Um abraço.

Carla Surpresa disse...

Lindo de morrer.

Pólo Norte disse...

We love you!