quinta-feira, 18 de outubro de 2012

À atenção das pessoas desequilibradas hormonalmente


Agora, que os amores de Verão chegam ao fim, desfazendo-se na espuma dos dias encurtados pelo sol baixo que amarelece as folhas das árvores e a chuva espalha no chão, é que se lembram de como as noites de Inverno são escuras e frias e longas e compridas sem a companhia de alguém. Como em tudo, nada melhor como seguir o exemplo da natureza. 

Façam como os ursos. Comam que nem uns alarves e vão-se enfiar nas tocas. Não saiam de lá até que seja Primavera. Agradecido.

2 comentários:

Namorado do Pop disse...

LOLOL As coisas escritas dessa forma, parecem muito românticas. Mais românticas de que alguma vez foram! Quer dizer... estava tudo muito bem, até chegar à parte dos ursos. Aí... estraga o momento. E sobre isso, só me apraz dizer duas palavras: ME DO!

Pedro disse...

Talvez os amores de Verão sejam românticos, não faço ideia. Não me recordo de alguma vez ter tido algum. Quanto aos ursos, foi o único animal que me lembrei que hiberna.