segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Antes a 2.55

Confesso não perceber o fascínio que os brunchs exercem sobre os bloggers em geral e as pessoas em particular. Eu continuo a achar que os melhores pequenos-almoços de Lisboa são os que me são servidos na cama.


3 comentários:

start disse...

Só há bem pouco tempo soube o que era um brunch e ainda assim, continuo a achar o mesmo que tu...

São João disse...

Prefiro sair da cama tarde e ir directa ao almoço. Não gosto de migalhas nos lençóis.

(ia fazer um trocadilho porco sobre "brunchs" em jejum mas depois achei que era melhor não, que isto aqui é gente séria ;)

Pedro disse...

O que há mais é gente séria (eu arranjava logo uma gracinha com migalhas...)