segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Melhor ainda

era ter um amigo que sofresse de distúrbios obsessivo-compulsivos com limpezas e que as viesse fazer cá para casa, pro bono (vá, pagava em bolos).


7 comentários:

Palmier Encoberto disse...

São terríveis! Ainda vais a meio do jantar e eles já te levaram o prato... não ias querer isso... fala a voz da experiência! :DDDD

Ana Chagas disse...


Há uns dias o zapping levou-me a descobrir um programa surreal, sobre uma equipa de limpezas constituída por pessoas com esse distúrbio.
O meu primeiro pensamento, confesso, foi o quanto eu gostaria de receber uma visitinha daquela gente. Assim, quinzenalmente, para não abusar ;)

(coisas dos intas)

Pedro disse...

Palmier: era só vir a horas que não fossem das refeições (eu também conheço de perto alguém do género, mas não é da limpeza, é da organização... e tenho muito medo!)


Ana: é mesmo esse o programa a que me referia ;)

Sister V. disse...

Se souberes de alguém, avisa. Também estou necessitada :D

Pedro disse...

Ahah! Acho que não vou querer partilhar :P

Anónimo disse...

Ena, eu vi isso.. e a sra que logo de manhã gasta meia garrafa de lixívia para limpar o frigorífico, por causa dor germes, e que usa carradas de maquiagem na cara?

Pedro disse...

Eu nem sei como estarão aqueles pulmões de tanto snifar lixívia...