quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

E, por fim,

[não tenho nenhum ritual de passagem de ano, mas se há coisa que goste é de ter flores frescas em casa. Acabei de vir do mercado. Ou da praça, como se chamar em vossa casa. E trouxe um ramo das minhas flores preferidas. Amarelas, as únicas que havia. Continuo a preferir as brancas mas, como diz o fado "amarelo é ouro e branco é prata...". Estão já na sala. E novamente, Mrs. Dalloway said she would buy the flowers herself. ]

6 comentários:

Paulo disse...

Um bom ano, com alegria.

Elsa Serra disse...

venho retribuir...um 2009 cheio...
com beijinhos

Teresa disse...

Também digo praça... :)

Bom ano!

LNT disse...

Caro Pedro,

Fica o abraço com votos de excelente 2009

Pedro disse...

Um óptimo 2009 para todos vós!

(Toda a vida disse praça, mas fica toda a gente a olhar para mim... e onde vou agora nada tem de semelhante com a praça da minha infância)

Vekiki disse...

Praça é a minha eleita!
Quanto à frase, livro maravilhoso, filme 5 estrelas com uma Meryl Streep que vale ouro :)
Boa escolha para as flores!!!