sábado, 21 de fevereiro de 2009

Il neige sur mon coeur

Há uns anos atrás partilhei casa com uma belga. E não, não estou a falar das bolachas. Foi uma situação que durou meia dúzia de meses. Mais nova que eu, mais alta que eu, mais loura que eu e mais bronzeada que eu. Tinha um namorado português execrável que, entre outras coisas, ressonava alto. Ensinou-me quais as melhores pralinés e com ela comi as melhores gauffres do mundo – as feitas pela sua avó. Estas, certamente não as irei comer novamente. Acabou com o namorado e voltou para a Bélgica. A pouco e pouco fomos perdendo o contacto e há muito que não sei dela.
Ficou esta música que me deu a conhecer, do Brel (que fazia questão de frisar a toda a hora, que era belga e não francês), acerca da cidade que a viu crescer.
Porque, muito embora os dias estejam maiores e mais cálidos, é bom recordar os dias em que vimos neve pela primeira vez e em que sentimos saudades das águas profundas que nos habitam.

Jacques BrelIl neige sur Liège

Il neige il neige sur Liège
Et la neige sur Liège pour neiger met des gants
Il neige il neige sur Liège
Croissant noir de la Meuse sur le front d'un clown blanc
Il est brisé le cri
Des heures et des oiseaux
Des enfants à cerceaux
Et du noir et du gris
Il neige il neige sur Liège
Que le fleuve traverse sans bruit
Il neige il neige sur Liège
Et tant tourne la neige entre le ciel et Liège
Qu'on ne sait plus s'il neige s'il neige sur Liège
Ou si c'est Liège qui neige vers le ciel
Et la neige marie
Les amants débutants
Les amants promenant
Sur le carré blanchi
Il neige il neige sur Liège
Que le fleuve transporte sans bruit
Ce soir ce soir il neige sur mes rêves et sur Liège
Que le fleuve transperce sans bruit

8 comentários:

Marie disse...

A música é linda.
E as fotos:)

Adão disse...

Ai as saudades...

Only Words disse...

E é tão bom recordar com saudade o passado ;)

Only Words disse...

E é tão bom recordar com saudade o passado ;)

Formiguita Bipolar disse...

Alguém está nostálgico. E desta vez não sou eu!

JS disse...

já nem me lembrava dessa música, obrigada Pedro. ;)

David disse...

O meu sonho era dividir casa com uma Oreo!

ih ih ih

:)

Pedro disse...

Marie: as fotos foram tiradas em andamento, dentro do carro, com vidros fechados...

Adão, Only e Formiguita: saudades, sim, mas das boas (sobretudo na parte das gauffres...

JS: de nada :))))

David: nem quero saber o que farias com a Oreo...