segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

O meu tio Óscar



Já que toda a gente fala dos Óscares, devo dizer-vos que nunca vi nenhuma cerimónia dos Óscares, nem bocados que fossem, muito menos em directo. Nunca achei normal a histeria – os vencedores e os vestidos sabem-se sempre no dia seguinte e já sabemos que é sempre pior do que se estava à espera.

A única vez em que me convenceram a ver os Óscares, acedi, porque foi na cama. Mas não tiveram grande sorte, porque meia hora depois, se tanto, já dormia. Já deviam saber que o melhor se guarda para o fim e não para o princípio.

(Em contrapartida, no Liceu fiz umas filmagens de uns pretensos Óscares – para Inglês, seria?, com direito a alta produção, guarda-roupa, banda sonora, recriação dos filmes e afins. Os vencedores desse ano, nos meus Óscares foram Braveheart, Pulp fiction, Prêt-a-porter e Sense and Sensibility. Não me lembro se havia mais, nem das categorias, o que demonstra a minha falta de interesse pela coisa).

5 comentários:

iAna disse...

eu houve um ano que tentei ver..! mas confesso que também acho que não vale a pena perder uma boa noite de sono quando se pode saber tudo no dia a seguir..!

ehehe

Carlota disse...

Mas não é a mesma coisa acordar e saber... Não é a mesma coisa para quem gosta e gostos não se discutem heheh
Bj

Formiguita Bipolar disse...

Eu ontem estava decidida a ver, por isso lá convenci a minha cara-metade a acompanhar-me na maratona (que acabaria por não começar), uma vez que nenhum de nós hoje teria que ir trabalhar.
Tive um dia tão cansativo que adormeci antes mesmo de começar a transmissão, mas antes programei o vídeo das 0:15 às 4:15; azar dos azares, gravou quase tudo, incluindo a novela da TVI(!), menos os óscares que eu queria ver entregues: melhor filme, actor, actriz e um ou outro dos rabichudos.
Bah! Vi a gravação hoje de manhã e estou convencida que não perdi nada! Pelo menos não entro nos 30 sem ter tentado ver uma cerimónia dos óscares, Lol!

Luís P. disse...

Já vi de fio a pavio, acordado até raiar a manhã.

Agora passa-me ao lado... à medida que eles tornam a "gala" mais televisiva e proclamam hossanas à coisa, eu acho que se torna menos Gala e menos glamorosa... gostos!

Abraço

Pedro disse...

Carlota: não tenho nada contra, convém até haver alguém que veja para depois contar!
Agora não me convidem, que o mais certo é adormecer!