sábado, 20 de outubro de 2012

E agora, cubro o bolo com o quê?

As natas devem olhar para mim e achar-me com ar de tipa menstruada. Por mais que as bata, não há maneira que fiquem em chantilly.


11 comentários:

Namorado do Pop disse...

LOL

Luna disse...

Estavam frias?

(claras batidas com açúcar em pó também dão para cobertura)

Pedro disse...

Estavam sim. E a tigela também, e imaculadamente limpa. Acontece-me sempre, nunca consegui bater natas em chantilly :/

(vai à mesma com natas. Em vez de ter um dedo de altura, tem um milimetro... é tudo uma questão de escala, cortem fatias mais finas...)

Luna disse...

:(

só me aconteceu uma vez, e sempre achei que foi por nao ter as natas suficientemente frias.

Eva disse...

Há quem diga que juntar duas ou três gotas de sumo de limão ajuda a engrossar... mas nunca experimentei.

Pedro disse...

Limão ou até mesmo umas pedrinhas de sal...

Pedro disse...

Sim, parece que sobem melhor se estiverem frias. Mas aconselharam-me usar as frescas. Ou então usar outra marca, também pode ter influência.

Luna disse...

Olha, aí já não me lembro, mas aqui por exemplo distinguem natas para chantilly (slagroom) e para cozinhar (room culinair), além de todos os outros tipos (sour cream, crème fraiche, etc).
Ah, e aqui praticamente nao encontras lacticínios sem ser frescos - os pacotes de maior conservação estao sempre escondidos num canto obscuro do supermercado.

Pedro disse...

Cá temos as natas para bater (as que usei) e as para culinária, ambas em pacotes tetra pack, com prazos de validade na ordem de 1, dois meses (provavelmente mais até, à temperatura ambiente. E depois as natas frescas, em pacotes tipo caprisone, com validade reduzida e na secção de manteigas e iogurtes.

ann.dorinha disse...

Exatamente porque isso me aconteceu várias vezes agora só uso natas frescas. Não falham.

Pedro disse...

É o que vou começar a fazer. Esperemos que seja mesmo esse o problema :)