quinta-feira, 7 de março de 2013

Não caibo em mim de excitação

O mais perto que tenho na vida de ganhar o jackpot é quando vou a uma das máquinas da nespresso cá do estaminé e ela, apesar de me dispensar o café, me devolve as moedas. Hoje, até me deu 5 cêntimos a mais.

3 comentários:

Ana disse...

Na faculdade tínhamos uma que nos dava o café quando não tinha copos... era vê-lo a cair:)fiquei com raiva dessas máquinas!

São João disse...

Isso sim, uma máquina de nespresso que nos paga para bebê-los.

Namorado disse...

LOL Eu fico contente quando alguém se esquece do troco e eu fico com ele! LOLOLOL